Intend – Pretende?

Sabe aquelas descobertas que você não consegue mais se imaginar vivendo sem? Aqueles momentos onde tudo que existe parece obsoleto? Estou há alguns meses perdendo o sono pensando neste achado, e hoje posso finalmente dividir mais um puro consumismo ciclístico com todos. Como alguém que já visitou e conheceu o desenvolvimento de diversas marcas de renome, confesso que assim que olhei as primeiras imagens de protótipos, pensei “como ninguém pensou nisso antes 😟” seguido de “como diabos vou conseguir alguns para mim 😏”. A marca é INTEND (do inglês pretender), mas poderia chamar NECESSITY (do inglês necessito, do português fodeu geral preciso disso). As fotos falam por si só, mais nenhum texto é necessário. E acreditem, o material com aparência “bruta” engana completamente os olhos aos pegar na mão e perceber que o peso em todas as imagens estava correto.

O que é a INTEND?

“A Intend sou eu”, disse Cornelius. Nascido em 1986 em Regensburg / Alemanha. Estudou em Viena na Universidade Técnica, graduado em engenharia industrial. A paixão são as bicicletas de montanha. Seu trabalho e o que mais ama é desenvolver peças exclusivas para bicicletas. Um dia, começou a fazer um garfo próprio: válvulas, canelas, retentores. Alguns anos depois, decidiu se concentrar totalmente nessa paixão. “Sempre há espaço para fazer algo melhor. Peso, funcionalidade, design, rigidez – há muitos parâmetros que devem ser lembrados no início de um desenvolvimento. Meu objetivo pessoal são as peças de bicicleta melhores do que as usuais. Além disso, elas são feitos com condições justas”. – Cornelius Kapfinger

Atualmente, é o que faz com os componentes da Intend. A Intend é muito pequena, muito, muito pequena. “Todas as peças foram montadas nesta mesa, só isso”. Não existe uma grande fábrica. O objetivo é concentrar-se nas coisas essenciais e ter o foco em engenharia de alta qualidade, produtos precisos e bom serviço. É isso que tenta fazer – a cada hora, todos os dias. Não há grande linha de produção, é um pequeno local de trabalho. Na opinião de Cornelius você não precisa de nada além disso para fabricar estes “pequenos sonhos de consumo”.

Intend também significa pequeno número de peças, é por isso que todas essas coisas são feitas com CNC, na Alemanha, de grandes parceiros, que gostam de fazer essas coisas exclusivas. Seus nomes são Marc, Patrick e Berti.   Não hesita em criar processos de produção complexos. Se conseguir 3 gramas em uma pequena parte e custar mais 2-3 euros – assim será feito! Após a usinagem, as peças precisam ser anodizadas. Há uma pequena empresa (Sr. Schubert) que está fazendo uma ótima qualidade de anodização. É durável e realmente profundo em cores. E antes de ser entregue, cada peça deve ser gravada a laser, montada e embalada.

História do avanço!

Antes de tudo, havia uma ideia! A ideia de uma nova separação de um aperto de haste. Por que não separar a haste no tubo da direção?

Primeiro protótipo do Intend Grace EN com design de 3 peças – 2016. Funciona, parece bom, o peso foi ótimo. Mas quando se trata de produção em pequenas séries, começou a pedir ofertas às empresas de usinagem. Um era 495 euros por avanço, apenas a usinagem. Ficou  muito frustrado. Como pode que uma peça fabricada na Alemanha seja tão cara? Para o cliente, isso seria em torno de 800 a 1000 euros para um avanço. Então o projeto foi cancelado.  Os “novatos” Michi Grätz criaram uma avanço de uma peça. Os primeiros pensamentos foram: “ah, todos irão perguntar qual guidão se encaixa”. Isso sempre significa muitos e-mails, muitas perguntas. Mas depois de algumas semanas a ideia parecia cada vez mais real para a produção deste maravilhosa obra de arte.  Porque é – do ponto de vista técnico – a melhor solução para combinar dois tubos entre si. É a solução mais leve, mais bonita – e também mais barata. “Leve, forte, barato” – sim, tem tudo! (alguns de vocês podem pensar, barato, hein? mas para fabricados na Alemanha em pequeno número de peças, é!)   Algumas semanas depois, os protótipos foram concluídos – alguns meses depois, a primeira série foi concluída. Antes disso, foi necessário fazer um teste dinâmico na EFBE-Prüftechnik. Eles me disseram “o avanço passou no programa E-Gravity” e me questionaram se queria fazer testes adicionais de carga unilateral ….  “o avanço também passou nos testes adicionais, a pequenina é realmente sólida …”  Mas por que isso é tão forte?

Uma das respostas é “Sr. Mattheck”. Ele é professor de árvores. Não é brincadeira. Ele desenvolveu o “chanfro” natural, que difere ligeiramente de um “chanfro de engenharia”. Lado esquerdo: chanfro de engenharia Lado direito: chanfro de Mattheck O avanço Intend Grace é feita com esses princípios. Então a máquina de teste não poderia destruí-la. Fonte: idw-online.de

 

A Intend fabrica várias outras peças. Hoje dêmos ênfase apenas para o avanço que já testamos! Você pode conferir mais informações em https://www.intend-bc.com/ – vale a pesquisa. O modelos já testados por nós são Grace XC e Grace Trail.

GRACE XC

77mm comprimento, -7°, 31,8mm guidão e máximo rise de 20mm – 77 gramas

 

Grace TRAIL

65mm comprimento, 31,8mm guidão e máximo rise de 20mm – 91 gramas

Daria para escrever um livro, das primeiras trocas de e-mail até o produto chegar em nossas mãos. Mas valeu cada centavo, cada dia esperando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui